Figueiredo deve deixar o Itamaraty, que terá chanceler 'vendedor'

Chanceler Luiz Alberto Figueiredo será substituído por um embaixador de perfil 'caixeiro-viajante'; sugestão foi feita pelo ex-presidente Lula para enfrentar o déficit comercial de US$ 4 bilhões nas contas externas e deve ser aceita pela presidente Dilma Rousseff

Chanceler Luiz Alberto Figueiredo será substituído por um embaixador de perfil 'caixeiro-viajante'; sugestão foi feita pelo ex-presidente Lula para enfrentar o déficit comercial de US$ 4 bilhões nas contas externas e deve ser aceita pela presidente Dilma Rousseff
Chanceler Luiz Alberto Figueiredo será substituído por um embaixador de perfil 'caixeiro-viajante'; sugestão foi feita pelo ex-presidente Lula para enfrentar o déficit comercial de US$ 4 bilhões nas contas externas e deve ser aceita pela presidente Dilma Rousseff (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Brasília 247 - Reportagem da jornalista Lisandra Paraguasu, publicada no jornal Estado de S. Paulo (leia aqui), informa que o chanceler Luiz Alberto Figueiredo deve deixar o cargo.

O motivo: a presidente Dilma procura alguém com perfil de 'caixeiro-viajante'. A sugestão teria sido dada pelo ex-presidente Lula e foi acatada por ela.

Caso Figueiredo não seja substituído por um embaixador do Itamaraty, haveria a possibilidade até de se nomear um político, para dar peso maior às demandas empresariais no Itamaraty.

Com déficit de US$ 4 bilhões nas contas externas, o Brasil precisa ampliar exportações e abrir novos mercados, num cenário internacional conturbado, marcado pela queda nos preços das commodities.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247