Filha de Henrique Alves fala em ‘alguém nos bastidores’ para soltar o pai

Em ligação interceptada pela Polícia Federal no âmbito da operação Lavat, Andressa de Azambuja Alves Steinmann, filha do ex-ministro Henrique Eduardo Alves (PMDB), aparece falando que haveria 'alguém trabalhando, em Brasília, nos bastidores, pela soltura' do pai; informação consta em parecer do Ministério Público Federal à Justiça; segundo o MPF, interceptações telefônicas indicam que Andressa trata da prisão de seu pai, na "Operação Manus", também com Laurita Silveira Dias Arruda, esposa do ex-ministro; Andressa e Laurita Arruda foram alvo de mandado de busca e apreensão na Operação Lavat, desdobramento da Manus – que, em 6 de junho, prendeu o peemedebista  

Henrique Alves preso
Henrique Alves preso (Foto: Aquiles Lins)

Brasília 247 - Em ligação interceptada pela Polícia Federal no âmbito da operação Lavat, Andressa de Azambuja Alves Steinmann, filha do ex-ministro Henrique Eduardo Alves (PMDB), aparece falando que haveria 'alguém trabalhando, em Brasília, nos bastidores, pela soltura' do pai.

A informação consta em parecer do Ministério Público Federal à Justiça. Andressa Alves e a esposa do ex-ministro, Laurita Arruda, foram alvo de mandado de busca e apreensão na Operação Lavat, desdobramento da Manus – que, em 6 de junho, prendeu o peemedebista.

Segundo o parecer do MPF, interceptações telefônicas indicam que Andressa trata da prisão de seu pai, na "Operação Manus", também com Laurita Silveira Dias Arruda Câmara (áudios de índice 12953470, 12966629 e 12976564).

No parecer da Procuradoria da República citou um relatório da Receita Federal. Segundo o Ministério Público Federal, o parecer indica que 'que grande parte do patrimônio de Henrique Eduardo Lyra Alves, composta principalmente imóveis, é colocada em nome de Andressa de Azambuja, o que pode configurar ocultação de bens ilicitamente adquiridos'.

As informações são do blog do jornalista Fausto Macêdo

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247