Flordelis apresenta sua defesa à Corregedoria da Câmara

O prazo para a análise da Corregedoria começa na quinta-feira, 17. O departamento tem até 45 dias úteis para finalizar o processo

Deputada Federal Flordelis (PSD-RJ)
Deputada Federal Flordelis (PSD-RJ) (Foto: Claudio Andrade/Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A deputada federal Flordelis (PSD-RJ), acusada de matar seu próprio marido, o pastor Anderson do Carmos, apresentou nesta quarta-feira, 16, sua defesa à Corregedoria da Câmara dos Deputados sobre o processo disciplinar contra ela que pode levar à cassação do mandato.

O prazo para a análise da Corregedoria começa na quinta-feira, 17. O departamento tem até 45 dias úteis para finalizar o processo. Se o deputado federal e corregedor da Câmara, Paulo Bengtson indicar a continuidade do processo, o caso vai à Mesa Diretora, que deverá encaminhá-lo ao Conselho de Ética.

Flordelis só pode ser cassada por quebra de decoro após decisão favorável do colegiado com posterior confirmação dos demais deputados federais no plenário da Câmara.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email