General Heleno critica Joice e diz que ela pode ter inventado fake news sobre o GSI

Deputada disse que o Gabinete de Segurança Institucional pode estar tentando forjar uma versão contra ela. "Deve ser perturbação consequente da pancada", afirmou o general

Augusto Heleno
Augusto Heleno (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 – O general Augusto Heleno, ministro do Gabinete de Segurança Institucional, contestou uma hipótese levantada pela deputada Joice Hasselmann (PSL-SP): a de que o governo poderia estar forjando uma versão contra ela. "Lamento os ferimentos da deputada Joice Hasselmann. Quanto à informação que divulgou sobre o GSI, deve ser perturbação consequente da pancada que levou na cabeça. Espero que melhore", afirmou o militar.

Em entrevista ao UOL News, a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) disse que "um jornalista ligado ao GSI (Gabinete de Segurança Institucional da Presidência)", que ela não identificou, a teria informado que a pasta "está procurando um carro" para soltar informação que ela se machucou em acidente de carro e criou narrativa de suposto atentado. "Meu carro está intacto. Se aparecer moído, a gente já sabe o que aconteceu", diz ela, que ainda nega ter sido agredida pelo marido, diz que não se trata de algo feito por um amador e garante que não está com medo. "Isso não é coisa de amador. Se alguém entrou aqui, sabia que eu dormia em quarto separado e que tomo remédio para dormir. Se a ideia era me assustar, não conseguiram".

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email