Genoino cumpre pena na casa do sogro da filha

Impedido de cumprir prisão domiciliar em seu domicílio, que é São Paulo, ex-presidente do PT saiu do pequeno apartamento na cidade do Guará e agora é hospedado pelo sogro de uma de suas filhas em um condomínio nas proximidades do bairro Lago Sul, em Brasília

Impedido de cumprir prisão domiciliar em seu domicílio, que é São Paulo, ex-presidente do PT saiu do pequeno apartamento na cidade do Guará e agora é hospedado pelo sogro de uma de suas filhas em um condomínio nas proximidades do bairro Lago Sul, em Brasília
Impedido de cumprir prisão domiciliar em seu domicílio, que é São Paulo, ex-presidente do PT saiu do pequeno apartamento na cidade do Guará e agora é hospedado pelo sogro de uma de suas filhas em um condomínio nas proximidades do bairro Lago Sul, em Brasília (Foto: Roberta Namour)

247 – Desde que foi socorrido com urgência após uma suspeita de infarto, no mês de novembro, o ex-presidente do PT José Genoino cumpre sua pena da AP 470 em regime domiciliar, em Brasília.

Há algumas semanas, ele saiu do pequeno apartamento na cidade do Guará e agora é hospedado pelo sogro de uma de suas filhas numa casa em um condomínio nas proximidades do bairro Lago Sul.

Na sexta-feira passada, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, rejeitou novamente o pedido de transferência de Genoino para São Paulo, seu domicílio. Ele afirmou ainda que, se o ex-deputado quisesse fazer consulta com seu cardiologista, o médico Roberto Kalil, teria de trazê-lo para Brasília.

Para justificar mais uma arbitrariedade no caso, Barbosa usou como exemplo uma decisão anterior sobre Fernandinho Beira-Mar, um dos traficantes mais perigosos do País, que foi mantido em presídio de segurança máxima, longe de seus familiares.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247