Glenn Greenwald fala sobre a Vaza Jato na Câmara

Fundador do The Intercept Brasil presta esclarecimentos nesta tarde, na Câmara, sobre as revelações de que Sérgio Moro atuou como coordenador do Ministério Público na acusação contra o ex-presidente Lula e outras ilegalidades da operação Lava Jato

(Foto: Câmara dos Deputados)

247 - O jornalista Glenn Greenwald participa na tarde desta terça-feira, 25, de audiência pública na Comissão de Direitos Humanos da Câmara, onde presta informações sobre a revelações do The Intercept Brasil sobre as ilegalidades da operação Lava Jato. 

Ele reforçopu a autenticidade das revelações da Vaza Jato. "Em nenhum momento, Sérgio Moro disse que o que publicamos não é autêntico, mas que poderia ter sido alterado", disse Greenwald na Câmara. 

O jornalista do The Intercept citou o Brasil 247 em seu depoimento, ao exemplificar que a revista Veja publicou capa contra o ministro Sérgio Moro:

“Para mim é muito interessante para entender que não éramos só nós que estávamos reagindo assim, mas também muitas outras pessoas que ficaram nos últimos 5 anos apoiando e aplaudindo, nunca questionando, o Sérgio Moro e a força-tarefa da Lava Jato. Por exemplo, o jornal Estadão, que era um grande fã do Sérgio Moro durante 5 anos, depois das nossas primeiras revelações publicou um editorial falando que Sérgio Moro deveria renunciar seu cargo público e Deltan deveria ser afastado por conta do comportamento antiético que nós provamos, não alegamos, mostramos com provas, é tão grave que é impossível em uma democracia ter Sérgio Moro ocupando um cargo público tão importante como o ministro da Justiça. Também a Veja, que estava apoiando o Sérgio Moro mais ainda, publicou um artigo denunciando o Sérgio Moro com muita clareza, publicou uma capa mostrando ele desintegrando com a palavra 'desmoronando', isso foi a veja, não foi a Carta CApital ou o Brasil 247, essas são as pessoas que estavam apoiando o Sérgio Moro mais do que tudo”. 

A ida de Glenn na Câmara foi feita a partir de  requerimento de autoria dos deputados Camilo Capiberibe, Carlos Veras, Márcio Jerry e Túlio Gadelha.

Assista ao vivo: 




Ao vivo na TV 247 Youtube 247