Governador do DF fez visita a Papuda

Assessoria de Agnelo Queiroz (PT) informa que governador aproveitou a inauguração da nova unidade de acolhimento de adolescentes infratores, dentro do presídio, para visitar o complexo em que se encontra preso o ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu; informação poderá ser explorada pelo juiz Bruno Ribeiro, da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, para dificultar ainda mais o direito de Dirceu trabalhar em regime semiaberto

www.brasil247.com - Assessoria de Agnelo Queiroz (PT) informa que governador aproveitou a inauguração da nova unidade de acolhimento de adolescentes infratores, dentro do presídio, para visitar o complexo em que se encontra preso o ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu; informação poderá ser explorada pelo juiz Bruno Ribeiro, da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, para dificultar ainda mais o direito de Dirceu trabalhar em regime semiaberto
Assessoria de Agnelo Queiroz (PT) informa que governador aproveitou a inauguração da nova unidade de acolhimento de adolescentes infratores, dentro do presídio, para visitar o complexo em que se encontra preso o ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu; informação poderá ser explorada pelo juiz Bruno Ribeiro, da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, para dificultar ainda mais o direito de Dirceu trabalhar em regime semiaberto (Foto: Roberta Namour)


247 - O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, aproveitou a inauguração da nova unidade de acolhimento de adolescentes infratores, dentro do presídio, para visitar o complexo em que se encontra preso o ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, no dia 20 de fevereiro.

A assessoria do governador confirmou o encontro e disse que Agnelo e Dirceu trataram de “assuntos pessoais”. Essa é a segunda vez em que o governador vai à Papuda desde a prisão dos condenados da AP 470. Na primeira vez, foi verificar o estado de saúde do ex-deputado federal José Genoino (PT-SP).

Como chefe do Executivo local, Agnelo não dependeria de autorização judicial para entrar nos presídios.

A visita a Papuda, divulgada pela revista Veja, poderá ser explorada pelo juiz Bruno Ribeiro, da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, para dificultar ainda mais o direito de Dirceu trabalhar em regime semiaberto.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O juiz, que é filho de um dirigente do PSDB e ligado a Joaquim Barbosa, abriu nova investigação contra o ex-ministro porque ele recebeu a visita de um dos chefes da Defensoria Pública da União, Heverton Gisclan Silva, no Complexo Penitenciário da Papuda, no último 6 de janeiro, uma segunda-feira, dia em que não são previstas visitas.
Silva não consta da lista de 10 visitantes de Dirceu e também não atua na defesa do ex-ministro, o que justificaria a ida dele ao presídio.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Todavia, os dias de visita são quarta e quinta-feira. Por isso, a VEP considerou a visita irregular por não ter sido autorizada e abriu investigação no início da semana para apurar o caso.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email