Em 38 dias, governo Bolsonaro anunciou em 47 sites de notícias falsas, diz CPMI

O levantamento foi feito pela CPMI das Fake News, que produziu um documento com base em informações enviadas pela Secretaria de Comunicação da Presidência da República (Secom)

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Levantamento feito pela CPMI das Fake News no Congresso afirmou que o governo federal publicou 653.378 anúncios em 47 canais de notícias falsas, segundo informação da coluna de Constança Rezende no Uol. O levantamento foi feito entre o dia 6 de junho e 13 de julho de 2019.

O documento foi produzido por consultores legislativos, com base em informações enviadas pela Secretaria de Comunicação da Presidência da República (Secom). 

"Destaquem-se, por exemplo, os sites Jornal 21 Brasil (84.248 impressões), Imprensa Viva (65.661 impressões), Gospel Prime (44.750), Diário do Brasil (36.551 impressões) e Jornal da Cidade Online (30.508 impressões)", diz o documento.

Matéria do jornal O Globo, ainda informa que a Secom ainda comprou inserções com verba pública mais de 2 milhões de vezes em sites considerados inadequados. Entre eles estão sites que divulgam notícias falsas, oferecem investimentos ilegais e até aplicativos com conteúdo pornográfico

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email