Governo Bolsonaro deixa Força Nacional de Segurança de prontidão em Brasília

Em um domingo com manifestações contra e a favor do governo de Jair Bolsonaro, a Força Nacional de Segurança do Brasil está "aquartelada" nas imediações da Esplanada dos Ministérios aguardando para caso tenha que entrar em ação

Força Nacional de Segurança
Força Nacional de Segurança (Foto: Reprodução/Ministério da Justiça)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Força Nacional de Segurança do Brasil está "aquartelada", ou seja, de prontidão nas imediações da Esplanada dos Ministérios em Brasília, onde acontecem manifestações contra e a favor do governo de Jair Bolsonaro neste domingo (7). Com informações de Caio Junqueira, da CNN.

Caso as manifestações saiam do controle, a Força Nacional de Segurança pode intervir, desde que seja feita a publicação de uma portaria do Ministério da Justiça com o chamado.

O ministro do GSI, general Augusto Heleno, esteve na Esplanada para verificar a situação.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247