Governo gastou R$ 2 milhões com propaganda para divulgar acordo com caminhoneiros

O governo federal gastou, oficialmente, R$ 2 milhões com a divulgação do acordo com as entidades que dizem liderar a greve dos caminhoneiros; o valor é referente a um vídeo que explica os pontos do acordo, que está sendo divulgado em todas as televisões e em alguns rádios

São Paulo - Presidente Michel Temer participa da abertura da 18ª Conferência Anual Santander (Beto Barata/PR)
São Paulo - Presidente Michel Temer participa da abertura da 18ª Conferência Anual Santander (Beto Barata/PR) (Foto: Gustavo Conde)

247 – O governo federal gastou, oficialmente, R$ 2 milhões com a divulgação do acordo com as entidades que dizem liderar a greve dos caminhoneiros. O valor é referente a um vídeo que explica os pontos do acordo, que está sendo divulgado em todas as televisões e em alguns rádios.

No domingo, Temer se comprometeu a conceder desconto de R$ 0,46 no preço do diesel; a congelar o valor do diesel durante 60 dias com reajustes, depois, a cada 30 dias; a dar isenção da cobrança do eixo suspenso em todo o país via medida provisória; a garantir a caminhoneiros autônomos 30%, pelo menos, dos fretes da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento); e a estabelecer tabela mínima de frete.

Leia mais aqui.

Conheça a TV 247

Mais de Brasília

Ao vivo na TV 247 Youtube 247