Governo inaugura Centro Olímpico de Brazlândia

Aps um ms em funcionamento, espao foi oficialmente aberto na manh deste sbado (11) e tem capacidade para atender cerca de 3 mil pessoas; ao todo, existem oito unidades esportivas no DF

Agência Brasília – O governador Agnelo Queiroz inaugurou na manhã deste sábado (11), o Centro Olímpico de Brazlândia. A nova unidade tem capacidade para atender três mil pessoas, entre crianças, adolescentes, adultos, idosos e pessoas de necessidades especiais. Este é o oitavo centro olímpico em funcionamento no Distrito Federal e a primeira unidade entregue à população este ano.

 

“O compromisso deste governo é universalizar a prática esportiva. Além de promover a inclusão social por meio do esporte, tenho a certeza que deste centro olímpico sairá um futuro atleta profissional do Distrito Federal. Os profissionais envolvidos neste projeto são da mais absoluta competência e trabalham com o compromisso de proporcionar o melhor a seus alunos”, enfatizou o governador Agnelo Queiroz, ao lado do secretário de Esporte, Célio René, e do administrador Regional de Brazlândia, Bolivar Rocha.

 

Em Brazlândia, são oferecidas oito modalidades esportivas: futebol, futsal, natação, ginástica rítmica, atletismo, handebol, vôlei e basquete. Em um primeiro momento, somente crianças e jovens na faixa etária de quatro a 17 anos serão atendidos. Mas a partir de março, serão desenvolvidas atividades extras como hidroginástica, caminhadas e exercícios no circuito inteligente de malhação.

 

O governador também lembrou que os centros olímpicos, de modo geral, são usados por crianças e adolescentes como uma extensão da escola, um novo turno que inclui também o cuidado com a saúde e as boas práticas sociais. “O jovem que pratica esporte é muito mais tolerante, habilidoso, responsável e disciplinado. Este centro olímpico é também um conforto e uma tranquilidade para os pais, que têm a certeza de que seus filhos estão em um ambiente familiar e seguro”, destacou Agnelo Queiroz.

 

Para o secretário de Esporte, Célio René, o novo centro olímpico é mais um agregador da comunidade. Ele destaca a visão do governador Agnelo Queiroz como um bom gestor, ao conciliar em um mesmo espaço atividades que reúnem a educação, saúde e esporte. “Este é um sonho que se torna realidade. Esse centro olímpico chega para ajudar na melhoria da qualidade de vida de toda a população de Brazlândia”, afirmou Célio René.

 

Investimento em esporte e cidadania – Em 2011, o GDF entregou para a população quatro novos centros olímpicos – Gama, Recanto das Emas, Santa Maria e Estrutural, que se juntaram aos de Samambaia, Ceilândia e São Sebastião. Com a unidade de Brazlândia, os centros atendem, juntos, cerca de 13 mil pessoas. A meta é atender 25 mil pessoas até junho de 2012.

 

“O nosso objetivo é primeiramente social, formar cidadãos. A consequência é formar atletas, mas isso só é possível com profissionais de qualidade e com capacitação desses profissionais. Com a estrutura de esportes olímpicos, somado ao potencial do Distrito Federal, acredito que haverá muitos bons resultados e talentos”, explicou a coordenadora dos Centros Olímpicos do GDF, a ex-jogadora da Seleção Brasileira de Vôlei Feminino, Ricarda Lima.

 

A unidade de Brazlândia, em funcionamento há cerca de um mês, já atende 1,8 mil crianças e adolescentes. As matrículas podem ser feitas na primeira semana de cada mês, no próprio local. Adultos e idosos poderão se inscrever a partir de março.

 

Os documentos exigidos são: atestado médico, uma foto 3x4, comprovante de residência, declaração escolar e documento do responsável (para crianças e adolescentes). Pessoas acima dos 45 anos devem apresentar também o laudo de um cardiologista e pessoas com necessidades especiais deverão apresentar um laudo médico com as especificações das atividades que poderão ser realizadas. Atendimento das 8h às 12h e das 14 às 18h.

 

Melhorias

 

Agnelo Queiroz destacou que o novo Centro Olímpico se soma ao conjunto de benfeitorias executadas pela atual gestão em Brazlândia. A cidade tem recebido recursos e ações para a melhoria da infraestrutura e dos equipamentos públicos.

 

Houve troca de asfalto em vários setores, instalação de pontos de encontro comunitário (PECs) e de mais de 200 postes de energia elétrica, iluminação do setor de chácaras Cascalheira, reforma do Centro de Saúde nº 2, duplicação da avenida da Quadra 2, abertura de vagas em estacionamentos e revitalização da Praça São Sebastião, além da revitalização do balão e reforma da Praça Central do Incra 8. Também foram adquiridos patrolas e tratores que irão atender a área rural da cidade.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247