Ibaneis Rocha e Sara Winter vão se encontrar em audiência de conciliação

O governador do Distrito Federal processou a líder extremista e pede indenização, por danos morais, no valor de R$ 50 mil

A militante fascista Sara Giromini foi presa pela Polícia Federal
A militante fascista Sara Giromini foi presa pela Polícia Federal (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Como de praxe, a 10ª Vara de Brasília designou, nessa quinta-feira (22), a realização de audiência de conciliação entre o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), e a líder do movimento extremista "300", Sara Giromini.

Em todo processo, caso as partes manifestem interesse, é estabelecida uma audiência de conciliação. Em decisão interlocutória, a juíza Simone Garcia Pena informou que houve acordo para o encontro que deve ser realizado, na modalidade virtual, pelo Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc).

A ação foi movida pelo governador Ibaneis, em junho deste ano, pedindo indenização por danos morais contra Sara no valor de R$ 50 mil por ofensas proferidas pela ativista em um vídeo divulgado na internet, em que chama Ibaneis de “um puta de um bandido”.

Na decisão, a juíza também deferiu o pedido de gratuidade de Justiça para Sara, benefício para quem não pode pagar as custas do processo e honorários advocatícios sem prejuízo do sustento próprio ou da família.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247