'Indicado tem que ser filho de alguém, por que não meu?', diz Bolsonaro sobre Eduardo embaixador

Em entrevista à jornalista Leda Nagle, Jair Bolsonaro utilizou de ironia para justificar as acusações de nepotismo na indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixador do Brasil nos Estados Unidos; "Tem que ser filho de alguém, então por que não pode ser meu?", questionou

(Brasília - DF, 02/08/2019) Presidente da República, Jair Bolsonaro concede entrevista à Jornalista, Leda Nagle.\rFoto: Isac Nóbrega/PR
(Brasília - DF, 02/08/2019) Presidente da República, Jair Bolsonaro concede entrevista à Jornalista, Leda Nagle.\rFoto: Isac Nóbrega/PR (Foto: Isac Nóbrega/PR)

247 - Jair Bolsonaro voltou a defender nesta segunda-feira, 5, a indicação do filho Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para embaixador do Brasil nos Estados Unidos, mesmo sem ele ter a qualificação necessária o cargo. 

Em entrevista à jornalista Leda Nagle, Bolsonaro utilizou de ironia para justificar as acusações de nepotismo na indicação de Eduardo. "Tem que ser filho de alguém, então por que não pode ser meu?", questionou. 

Bolsonaro afirmou que Eduardo já deseja "há algum tempo" morar nos Estados Unidos, mas que foi convencido por ele a ficar no Brasil para disputar as eleições. "Agora apareceu essa oportunidade dada a nossa proximidade com a família Trump. O embaixador é um cartão de visitas", afirmou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247