Joesley amplia delação e causa tensão em partidos

O ex-executivo do Grupo J&F, Joesley Batista, apresentou mais um lote de documentos que afetam integrantes de todos os segmentos políticos; ele detalha pagamentos a dezenas de partidos ao longo de vários anos, a maioria caixa dois; Joesley oferece detalhes sobre 32 anexos complementares apresentados no último ano, que reiteram suas alegações iniciais

Joesley Batista presta depoimento na Polícia Federal em SP São Paulo - O empresário Joesley Batista, dono da JBS, deixa a sede da Superintendência da Polícia Federal após prestar depoimento (Rovena Rosa/Agência Brasil)
Joesley Batista presta depoimento na Polícia Federal em SP São Paulo - O empresário Joesley Batista, dono da JBS, deixa a sede da Superintendência da Polícia Federal após prestar depoimento (Rovena Rosa/Agência Brasil) (Foto: Gustavo Conde)

247 – O ex-executivo do Grupo J&F, Joesley Batista, apresentou mais um lote de documentos que afetam integrantes de todos os segmentos políticos. Ele detalha pagamentos a dezenas de partidos ao longo de vários anos, a maioria caixa dois. Joesley oferece detalhes sobre 32 anexos complementares apresentados no último ano, que reiteram suas alegações iniciais.

“Os irmãos Joesley e Wesley Batista também prometem dar mais detalhes sobre o recebimento de supostas propinas disfarçadas de doações eleitorais para o ex-governador do Ceará Cid Gomes. Desde que o caso veio à tona, ainda na fase original do acordo de delação com a JBS, Cid disse que as acusações eram mentirosas e anunciou ação judicial contra os delatores.”

Leia mais aqui.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247