José Serra e Humberto Costa lideram veto à cloroquina presidencial

Senadores se movimentam para barrar mudanças feitas pelo Ministério da Saúde no protocolo do uso da cloroquina. O caminho encontrado foi um projeto de decreto legislativo. As mobilizações são conduzidas pelos senadores e ex-ministros da Saúde José Serra (PSDB-SP) e Humberto Costa (PT-PE)

José Serra e Humberto Costa
José Serra e Humberto Costa (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Após a péssima repercussão sobre o uso da cloroquina, divulgado pela ministério da Saúde, senadores articulam mudanças para impedir a concretização do protocolo. O caminho encontrado foi um projeto de decreto legislativo. As mobilizações são conduzidas pelos senadores e ex-ministros da Saúde José Serra (PSDB-SP) e Humberto Costa (PT-PE). 

A reportagem do jornal Folha de S. Paulo destaca que “as iniciativas têm apoio de líderes de diferentes partidos. Serra é autor de um ​projeto que pede para sustar o protocolo de orientações por completo. A proposta de um decreto é a alternativa porque o documento do Ministério da Saúde foi feito após uma determinação de Bolsonaro. O decreto legislativo, para se sobressair à ordem presidencial, precisa ser aprovado tanto pelo Senado quanto pela Câmara.”

A matéria ainda sublinha que “Serra afirmou que Bolsonaro não poderia fazer o que ele chama de "uso político" do combate ao coronavírus. ‘Entidades médicas já se posicionaram contra a medida, e a OMS [Organização Mundial da Saúde], quando questionada sobre a decisão do governo brasileiro, reafirmou que, além de não ter eficácia comprovada, a cloroquina pode causar efeitos colaterais graves’, afirmou.”

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247