Justiça absolve deputada federal Erika Kokay em processo sobre desvio de salário

Denúncia apontava repasse de R$ 14,9 mil da funcionária para contas bancárias da parlamentar, o que não se confirmou. Juiz apontou 'insuficiência de provas

(Foto: Michel Jesus - Câmara)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O juiz Newton Mendes de Aragão Filho, da 7ª Vara Criminal de Brasília, absolveu a deputada federal Erika Kokay (PT-DF) em um processo de apropriação indevida do salário de uma ex-assessora, que trabalhou no gabinete da parlamentar entre 2006 e 2007. O Ministério Público (MPDFT) não recorreu da sentença arbitrária, que já transitou em julgado. A ação corria em segredo de Justiça, e a sentença só foi divulgada nesta terça-feira (9).A reportagem é do Portal G1.

Segundo Kokay, o Ministério Público e o Judiciário tomaram conhecimento da acusação, após ela mesma denunciar à Polícia Federal e à Polícia Civil do DF, em 2010, uma tentativa de extorsão por parte da então assessora. A reportagem não conseguiu contato com a ex-funcionária.

"Sempre tive a mais absoluta convicção de que todo esse processo iria atestar a minha inocência. Prevaleceu a Justiça e a verdade", disse a deputada.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email