Justiça do Distrito Federal determina penhora de bens de ex-mulher de Wassef

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) determinou a penhora de bens da mansão de Maria Cristina Boner, ex-mulher do advogado Frederick Wassef. Valor da penhora é de R$ 40 mil e refere-se a uma partilha de bens entre ela e Bruno Crasso, seu primeiro marido

Cristina Boner
Cristina Boner (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) determinou a penhora de bens da mansão de Maria Cristina Boner, ex-mulher do advogado Frederick Wassef, em Brasília, para pagar dívidas referentes a uma partilha de bens entre ela e seu primeiro marido, Bruno Crasso. 

Até a semana passada Wassef era visto como uma pessoa próxima ao clã Bolsonaro, sendo responsável pela defesa do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), além de ter escondido o ex-assessor Fabrício Queiroz em uma casa em Atibaia, no interior de São Paulo.

Segundo reportagem do jornal O Globo, a penhora visa a quitação de uma dívida de R$ 40 mil resultante de ações judiciais por causa da partilha de bens entre Maria Cristina e seu primeiro Marido, Bruno Crasso. O valor total da disputa judicial envolve cerca de R$ 200 milhões. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247