'Limparam minhas gavetas', diz Mandetta, que permanece no cargo

Em entrevista coletiva, o ministro Luiz Henrique Mandetta falou sobre a apreensão da equipe do Ministério da Saúde em meio à sua possível demissão por Jair Bolsonaro. "Teve gente limpando gaveta, pegando as coisas. Até as minhas gavetas", disse ele, garantindo que fica no cargo

(Foto: Isac Nóbrega/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, confirmou nesta segunda-feira (6) que ficará no cargo, após as especulações de que seria demitido. 

Ele afirmou: "nós vamos continuar, porque continuamos, vamos continuar enfrentando o nosso inimigo, que tem nome e sobrenome, o Covid-19 (...) Hoje foi um dia que rendeu muito pouco o trabalho do ministério. Teve gente limpando gaveta, pegando as coisas. Até as minhas gavetas."

A reportagem do jornal Folha de S. Paulo ainda destaca que "integrantes do chamado núcleo moderado do governo, que inclui militares, conversaram nesta segunda-feira desde cedo com Bolsonaro na tentativa de demovê-lo da ideia de exonerar Mandetta no curto prazo. Em conversas reservadas, o presidente chegou a dizer que a situação estava insustentável."

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email