Lula no aberto será julgado no STJ só após definição de novo relator

O presidente do Superior Tribunal de Justiça, João Otávio de Noronha, disse nesta quinta-feira (12) que o tribunal deve decidir no próximo dia 23 sobre a convocação do desembargador Leopoldo Raposo para substituir o relator dos processos da Lava Jato, o ministro Felix Fischer, que está afastado por motivos de saúde

Entrevista do ex-presidente Lula concedida a TV 247.
Entrevista do ex-presidente Lula concedida a TV 247. (Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247)

Gabriela Coelho, Conjur - O presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro João Otávio de Noronha, afirmou nesta quinta-feira (12) que a Corte Especial do tribunal vai analisar a indicação do desembargador Leopoldo Raposo, do Tribunal de Justiça de Pernambuco, para substituir o ministro Felix Fischer, na 5ª Turma e na 3ª Seção da corte, durante o período de afastamento do titular por motivo de saúde.  

Afirmou também que o recurso da defesa do ex-presidente Lula vai aguardar a nomeação do desembargador. O colegiado é responsável por analisar processos da "lava jato" e temas criminais. 

Com a substituição, Raposo poderá cuidar do acervo do gabinete do relator titular. Isso inclui um recurso no qual a defesa do ex-presidente pede para mudar de regime e continue a cumprir a pena no caso do tríplex em regime aberto, em casa.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247