Maia afasta Paulo Maluf do mandato de deputado

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirma que a prisão do deputado Paulo Maluf (PP-SP) "inviabiliza, por prazo superior a cento e vinte dias, o regular exercício do mandato parlamentar"; Maluf é acusado de usar conta no exterior para desviar recursos das obras da avenida Água Espraiada (atual avenida Roberto Marinho), em São Paulo, quando era prefeito da cidade, entre 1993 e 1996

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirma que a prisão do deputado Paulo Maluf (PP-SP) "inviabiliza, por prazo superior a cento e vinte dias, o regular exercício do mandato parlamentar"; Maluf é acusado de usar conta no exterior para desviar recursos das obras da avenida Água Espraiada (atual avenida Roberto Marinho), em São Paulo, quando era prefeito da cidade, entre 1993 e 1996
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirma que a prisão do deputado Paulo Maluf (PP-SP) "inviabiliza, por prazo superior a cento e vinte dias, o regular exercício do mandato parlamentar"; Maluf é acusado de usar conta no exterior para desviar recursos das obras da avenida Água Espraiada (atual avenida Roberto Marinho), em São Paulo, quando era prefeito da cidade, entre 1993 e 1996 (Foto: Leonardo Lucena)

Brasília 247 - O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afastou nesta segunda-feira (19) o deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) do mandato parlamentar. Maluf está preso desde dezembro, após ser condenado a 7 anos e 9 meses por usar conta no exterior para desviar recursos das obras da avenida Água Espraiada (atual avenida Roberto Marinho), em São Paulo, quando era prefeito da cidade, entre 1993 e 1996.

Em despacho publicado nesta segunda-feira (19), Maia afirma que a prisão de Maluf "inviabiliza, por prazo superior a cento e vinte dias, o regular exercício do mandato parlamentar".

Maluf foi preso por determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin. O STF também o condenou à perda do mandato, além de estabelecer o pagamento de uma multa de mais de R$ 1,3 milhão.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247