Maia critica marqueteiro e comunicação de Temer

"Os contrapontos ao termo 'golpista' e à expressão 'fora, Temer' são pífios. Surgiu a ideia de divulgar o slogan 'Bora, Temer', mas acho horrível. 'Fora, ladrão', então, é pior ainda", disse Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara e, na prática, o novo vice-presidente da República, numa crítica direta aos slogans criados por Elsinho Mouco, marqueteiro de Michel Temer

"Os contrapontos ao termo 'golpista' e à expressão 'fora, Temer' são pífios. Surgiu a ideia de divulgar o slogan 'Bora, Temer', mas acho horrível. 'Fora, ladrão', então, é pior ainda", disse Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara e, na prática, o novo vice-presidente da República, numa crítica direta aos slogans criados por Elsinho Mouco, marqueteiro de Michel Temer
"Os contrapontos ao termo 'golpista' e à expressão 'fora, Temer' são pífios. Surgiu a ideia de divulgar o slogan 'Bora, Temer', mas acho horrível. 'Fora, ladrão', então, é pior ainda", disse Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara e, na prática, o novo vice-presidente da República, numa crítica direta aos slogans criados por Elsinho Mouco, marqueteiro de Michel Temer (Foto: Leonardo Attuch)

Brasília 247 – O deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara e, na prática, vice-presidente da República, bateu duro na comunicação de Michel Temer e nos slogans criados pelo seu marqueteiro Elsinho Mouco.

"Os contrapontos ao termo 'golpista' e à expressão 'fora, Temer' são pífios. Surgiu a ideia de divulgar o slogan 'Bora, Temer', mas acho horrível. 'Fora, ladrão', então, é pior ainda", afirmou o parlamentar.

Ele criticou ainda a falta de profissionalismo na comunicação do Palácio do Planalto. "O zigue-zague é péssimo. Cria um ambiente de insegurança desnecessário. Já se espera que, logo depois da declaração de um ministro, o Planalto volte atrás. O sinal é que o governo não está dialogando internamente. Ministro só deve ir a público 100% afinado com o presidente."

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247