Maia reage a Bolsonaro e Congresso pode devolver MP do desemprego

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, chamou a MP 927 de Jair Bolsonaro de “medida provisória capenga”

Rodrigo Maia e Jair Bolsonaro

247 - O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), chamou a medida provisória proposta por Jair Bolsonaro de “medida provisória capenga”. A MP 927 permite aos empresários pagar qualquer valor aos seus funcionários durante quatro meses, em meio à crise do coronavírus.

A proposta deve encontrar forte resistência do Congresso. Para Maia, a MP cria uma nova crise desnecessária. “Tenho certeza de que temos que construir rapidamente com a equipe econômica outra medida provisória”.

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT-CE) afirmou que entrará com uma ação no Supremo Tribunal Federal contra a medida provisória de Bolsonaro.

CONTINUA DEPOIS DAS RECOMENDAÇÕES

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.