Mercadante: Brasil não se reconhece na Câmara que votou o impeachment

O ministro Aloízio Mercadante, da Educação, defendeu a democracia e falou sobre o momento político do país; o discurso foi feito durante cerimônia de posse de reitores em Brasília nesta quarta-feira (20); "O que estamos vivendo é um golpe político, não tem base jurídica. O tempo vai desmoronando e desnudando o golpe. A imprensa internacional tem mostrado que é um golpe", afirmou

O ministro Aloízio Mercadante, da Educação, defendeu a democracia e falou sobre o momento político do país; o discurso foi feito durante cerimônia de posse de reitores em Brasília nesta quarta-feira (20); "O que estamos vivendo é um golpe político, não tem base jurídica. O tempo vai desmoronando e desnudando o golpe. A imprensa internacional tem mostrado que é um golpe", afirmou
O ministro Aloízio Mercadante, da Educação, defendeu a democracia e falou sobre o momento político do país; o discurso foi feito durante cerimônia de posse de reitores em Brasília nesta quarta-feira (20); "O que estamos vivendo é um golpe político, não tem base jurídica. O tempo vai desmoronando e desnudando o golpe. A imprensa internacional tem mostrado que é um golpe", afirmou (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro Aloízio Mercadante, da Educação, defendeu a democracia e falou sobre o momento político do país. O discurso foi feito durante cerimônia de posse de reitores em Brasília nesta quarta-feira (20).

"O que estamos vivendo é um golpe político, não tem base jurídica. O tempo vai desmoronando e desnudando o golpe. A imprensa internacional tem mostrado que é um golpe", diz.

Ele avalia que a votação de domingo (17) na Câmara não representa o país. "Aquela cena da votação quando o Brasil olha para aquela Câmara, ele não consegue se reconhecer naquela imagem. Foi, até para os que eram favoráveis ao impeachment, um quadro difícil de definir e explicar", disse.

Confira aqui o discurso na íntegra.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247