Ministério Público rejeita contas eleitorais de Aécio e PSDB em 2014

O Ministério Público Eleitoral desaprovou as contas da campanha de Aécio Neves (PSDB) realizada em 2014 do também Comitê Financeiro Nacional da campanha. Aécio já é alvo de um pedido de expulsão da legenda . O vice-procurador-geral eleitoral, Humberto Jacques de Medeiros, apontou irregularidades consideradas graves

Justiça de SP bloqueia R$ 128 mi de Aécio e R$ 20 mi de Cristiane Brasil
Justiça de SP bloqueia R$ 128 mi de Aécio e R$ 20 mi de Cristiane Brasil (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)

247 - O Ministério Público Eleitoral desaprovou as contas da campanha de Aécio Neves (PSDB) realizada em 2014 do também Comitê Financeiro Nacional da campanha. Aécio já é alvo de um pedido de expulsão da legenda . O vice-procurador-geral eleitoral, Humberto Jacques de Medeiros, apontou irregularidades consideradas graves. 

A gravidade, segundo o documento obtido pelo jornal O Globo, é em função das "irregularidades alcançarem percentual expressivo (11% nas contas do Diretório e 26% nas contas do Comitê Financeiro) comprometendo-se a regularidade, a transparência e a confiabilidade”.

A matéria do jornal carioca ainda destaca que "entre as irregularidades, foram apontadas “ausência de documentação fiscal comprobatória de despesas, omissão de despesa e omissão de informações de despesas, recursos de origem não identificada, intempestividade no registro de despesas, dívida de campanha, Ausência de anuência da Direção Nacional, entre outras."

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247