Moro pede uma segunda chance à Câmara dos Deputados

Cada vez mais desgastado com os escândalos revelados pela Vaza Jato, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, enviou uma mensagem nesta segunda-feira (24) ao deputado federal Felipe Francischini (PSL-PR), presidente da CCJ da Câmara, e pediu para remarcar sua audiência na comissão, inicialmente prevista para quarta-feira (26)

Brazil's Justice Minister Sergio Moro attends a session of the Public Security commission at the National Congress in Brasilia, Brazil May 8, 2019. REUTERS/Adriano Machado
Brazil's Justice Minister Sergio Moro attends a session of the Public Security commission at the National Congress in Brasilia, Brazil May 8, 2019. REUTERS/Adriano Machado (Foto: Adriano Machado - Reuters)

247 - Cada vez mais desgastado com os escândalos revelados pela Vaza Jato, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, enviou uma mensagem nesta segunda-feira (24) ao deputado federal Felipe Francischini (PSL-PR), presidente da CCJ da Câmara, e pediu para remarcar sua audiência na comissão, inicialmente prevista para quarta-feira (26). A informação é da coluna de Lauro Jardim.

De acordo com o jornalista, Moro tentou evitar que Francischini pudesse perder a paciência e botasse para votar um requerimento de convocação do ministro. A princípio, Moro irá como convidado.

Reportagens do site Intercept Brasil revelaram que o ex-juiz da Operação Lava Jato não manteve a equidistância com a parte acusatória dos processos e interferiu no trabalho de procuradores. O então magistrado fez orientações e sugeriu, por exemplo, mudanças na ordem das operações. Também propôs que membros do MPF-PR divulgassem nota para rebater o que ele chamou de "showzinho" feito pela defesa do ex-presidente Lula.


Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247