MST ocupa terras da União em Brasília

Trabalhadores rurais ligados ao Movimento Sem Terra (MST) ocuparam uma área que pertence à União e fica a 25 km de distância do Palácio do Planalto, em Brasília;  conhecido como Fazenda Sálvia, a área do local é a terceira maior propriedade do governo federal no DF, com mais de 10 mil hectares, às margens da DF-440, entre Sobradinho e Planaltina

Trabalhadores rurais ligados ao Movimento Sem Terra (MST) ocuparam uma área que pertence à União e fica a 25 km de distância do Palácio do Planalto, em Brasília;  conhecido como Fazenda Sálvia, a área do local é a terceira maior propriedade do governo federal no DF, com mais de 10 mil hectares, às margens da DF-440, entre Sobradinho e Planaltina
Trabalhadores rurais ligados ao Movimento Sem Terra (MST) ocuparam uma área que pertence à União e fica a 25 km de distância do Palácio do Planalto, em Brasília;  conhecido como Fazenda Sálvia, a área do local é a terceira maior propriedade do governo federal no DF, com mais de 10 mil hectares, às margens da DF-440, entre Sobradinho e Planaltina (Foto: Voney Malta)

Brasília 247 – Trabalhadores rurais ligados ao Movimento Sem Terra (MST), ocuparam, na madrugada desta terça-feira (1º), uma área que pertence à União e fica a 25 km de distância do Palácio do Planalto, em Brasília.

A PM está no local conhecido como Fazenda Sálvia. A área é a terceira maior propriedade do governo federal no DF, com mais de 10 mil hectares, às margens da DF-440, entre Sobradinho e Planaltina.

De acordo com um homem que se identificou como um dos líderes do movimento, são 300 pessoas.

O Brasil 247 quer a sua ajuda para tomar decisões importantes. Participe da pesquisa

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247