'Não dá tempo' de fazer algo novo, diz ex-presidente da Abrace ao assumir secretaria no DF

A nova secretária de Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, Ilda Peliz, diz que talvez não tenha tempo para deixar uma marca de gestão; oficializada no cargo em 9 de janeiro, ela afirma que a prioridade vai ser efetuar o pagamento das instituições conveniadas em dia

A nova secretária de Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, Ilda Peliz, diz que talvez não tenha tempo para deixar uma marca de gestão; oficializada no cargo em 9 de janeiro, ela afirma que a prioridade vai ser efetuar o pagamento das instituições conveniadas em dia
A nova secretária de Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, Ilda Peliz, diz que talvez não tenha tempo para deixar uma marca de gestão; oficializada no cargo em 9 de janeiro, ela afirma que a prioridade vai ser efetuar o pagamento das instituições conveniadas em dia (Foto: Charles Nisz)

Brasília 247 - A nova secretária de Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, Ilda Peliz, diz que talvez não tenha tempo para deixar uma marca de gestão. Oficializada no cargo em 9 de janeiro, a ex-presidente da Abrace toma posse às 11h desta quinta-feira (18). Segundo ela, a prioridade vai ser efetuar o pagamento das instituições conveniadas em dia.

Ilda diz que serão necessários R$ 70 milhões para resolver o problema. Pelo orçamento atual, faltam R$ 35 milhões para prover serviços como saúde bucal e implantação de novos Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social)

Aspirações políticas
A nova secretária diz que “não tem pretensão eleitoreira” e só aceitou o convite por gratidão ao governador pela construção do bloco 2 do Hospital da Criança. Inciada em 2013, a obra tem previsão de inauguração para abril deste ano.

Filiada ao PSDB, Iara entra no governo Rollemberg em meio a um racha interno dos tucanos. Uma ala, comandada pelo presidente do partido, deputado Izalci, é antigoverno. Outra ala, liderada pela atual secretária de Assuntos Estratégicos e ex-governadora Maria de Lourdes Abadia, defende Rollemberg.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247