“Não existe prova nenhuma” contra Cunha, diz advogado

Durante sessão no Conselho de Ética nesta manhã, o advogado Marcelo Nobre, que defende o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), diz que a operação da PF deflagrada hoje na casa do deputado "só reforça a [tese da] defesa" de que não existem provas contra ele; "O que decorre da busca e apreensão? Que não tem prova", disse ele; "Não se pode basear quebra de decoro com base em denúncia do Ministério Público", acrescentou

Advogado Marcelo Nobre
Advogado Marcelo Nobre (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O advogado Marcelo Nobre, que defende o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afirmou nesta terça-feira 15, durante sessão no Conselho de Ética, que a operação deflagrada na casa de seu cliente "só reforça a [tese da] defesa", de que "não existem provas" contra Cunha.

"O que decorre da busca e apreensão [na casa de Cunha]? Que não tem prova", disse. Ele sustentou também que "o Conselho de Ética não tem poder investigativo, esse poder é do STF. É ele que vai proceder o devido processo legal". "Portanto, esses acontecimentos só reforçam a defesa neste Conselho de Ética", ressaltou.

"Não existe absolutamente prova nenhuma, porque a denúncia não faz prova, as delações não fazem prova", defendeu ainda Nobre. Segundo ele, "não se pode basear quebra de decoro com base em denúncia do Ministério Público".

O advogado argumentou que "não existe lei brasileira que obriga a declaração recursos do trust no imposto de renda". E destacou ainda que a denúncia contra Cunha, formulada pelo MP, "não foi recebida". "Inúmeras denúncias no Brasil não são recebidas", afirmou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email