No Palácio do Planalto, reino de Bolsonaro, já são 108 infectados pela Covid-19

247 - A Secretaria-Geral da Presidência da República informou que, dos 3.400 servidores da presidência, havia 108 infectados pelo coronavírus até o dia 3 de julho, o equivalente a 3,8% do quadro. 

As informações foram divulgadas pela secretaria depois que Jair Bolsonaro afirmou estar infectado pela Covid-19. Além de cometer inúmeros crimes de responsabilidade ao estimular aglomerações, Bolsonaro chegou a  dizer que usar máscara é "coisa de viado"

Após dizer que foi contaminado, Bolsonaro voltou a subestimar os impactos da Covid-19. "Os cuidados mais importantes são com os idosos, mas, com os demais, não precisa entrar em pânico", disse ele, que havia classificado o coronavírus como uma "gripezinha", em março, e perguntou "e daí?" ao ser questionado sobre os cinco mil mortos pela doença, em abril.

Em nota, a pasta disse "que adota as medidas recomendadas ao enfrentamento do novo coronavírus, de modo a assegurar que o ambiente de trabalho na Presidência da República esteja sempre o mais seguro possível para todos os servidores".

Segundo a plataforma Worldometers, que disponibilizado estatísticas globais do coronavírus, o Brasil ocupa a segunda posição no ranking mundial de confirmações (1,6 milhão) e mortes (66,8 mil), atrás apenas dos Estados Unidos, com 3 milhões de casos e 133 mil óbitos provocadas pela doença.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para contato@brasil247.com.br

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter.