Novo assentamento beneficia 35 famílias

Um decreto para a criação do novo assentamento rural 10 de junho, no Recanto das Emas, foi assinado neste sábado pelo governar Agnelo Queiroz, durante a 8ª edição do programa "GDF Junto de Você"; ação faz parte da política em curso no Distrito Federal para reforma agrária e vai beneficiar aproximadamente 35 famílias que vivem da agricultura familiar

Brasilia 12/04/2014  O Governandor Agnelo Queiroz  e a Primeira dama Ilza queiroz   e o vice governador Tadeu Filippelli durante Asinatura Decreto de Criação do Assentamento 10 de junho
Local: Arena Principal - Recanto das Emas
Foto: Gluacya Braga/GDF
Brasilia 12/04/2014 O Governandor Agnelo Queiroz e a Primeira dama Ilza queiroz e o vice governador Tadeu Filippelli durante Asinatura Decreto de Criação do Assentamento 10 de junho Local: Arena Principal - Recanto das Emas Foto: Gluacya Braga/GDF (Foto: José Barbacena)

Agência Brasília - Um decreto para a criação do novo assentamento rural 10 de junho, no Recanto das Emas, foi assinado neste sábado (12) pelo governar Agnelo Queiroz, durante a 8ª edição do programa "GDF Junto de Você". A ação, parte da política em curso no Distrito Federal para reforma agrária, beneficiará aproximadamente 35 famílias que vivem da agricultura familiar.

"Estamos nos sentindo honrados com essa conquista. Nós somos pessoas que produzem e estamos sendo reconhecidos pelo governo", contou o presidente do acampamento 10 de junho, José Mário.

O governador destacou que os trabalhos para resolução de questões relacionadas aos assentamentos ocorrem em todo o DF. "Em nossa cidade, quem quer produzir, terá espaço para produzir. E não estamos trabalhando só para assentar essas famílias, mas para garantir condições de cultivo com assistência técnica da Emater, moradia, água, energia e condições para desenvolvimento", destacou Agnelo Queiroz.

Segundo o chefe do executivo local, que estava acompanhado do vice governador Tadeu Filippelli e da equipe de governo, a oferta de linhas de crédito para os pequenos produtores é outra política desenvolvida pelo GDF. "Também vamos garantir a aquisição direta da produção pelo governo, que usa esses alimentos para abastecer escolas, instituições sociais, hospitais públicos e outras estruturas do governo", complementou.

O secretário de Agricultura, Lúcio Valadão, lembrou que a criação do assentamento resgata o compromisso do governo local com a agricultura. "Estamos fazendo ações transparentes e democráticas, com trabalhadores que podem contribuir com o desenvolvimento econômico do DF", complementou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247