Novo relatório contra Cunha será apresentado na terça

O novo relator da representação contra o presidente da Câmara, deputado Marcos Rogério (PDT-RO), confirmou nesta manhã que vai apresentar o novo parecer preliminar na próxima terça-feira 15; "Será apenas uma apresentação formal do que já é conhecido. Não avançarei um milímetro em aspectos meritórios desse processo", assegurou, indicando que seu parecer será pela admissibilidade da investigação contra Eduardo Cunha (PMDB-RJ)

O novo relator da representação contra o presidente da Câmara, deputado Marcos Rogério (PDT-RO), confirmou nesta manhã que vai apresentar o novo parecer preliminar na próxima terça-feira 15; "Será apenas uma apresentação formal do que já é conhecido. Não avançarei um milímetro em aspectos meritórios desse processo", assegurou, indicando que seu parecer será pela admissibilidade da investigação contra Eduardo Cunha (PMDB-RJ)
O novo relator da representação contra o presidente da Câmara, deputado Marcos Rogério (PDT-RO), confirmou nesta manhã que vai apresentar o novo parecer preliminar na próxima terça-feira 15; "Será apenas uma apresentação formal do que já é conhecido. Não avançarei um milímetro em aspectos meritórios desse processo", assegurou, indicando que seu parecer será pela admissibilidade da investigação contra Eduardo Cunha (PMDB-RJ) (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Câmara - O novo relator da representação contra o presidente Eduardo Cunha, deputado Marcos Rogério (PDT-RO), confirmou há pouco que vai apresentar o novo parecer preliminar na próxima terça-feira (15). "Será apenas uma apresentação formal do que já é conhecido. Não avançarei um milímetro em aspectos meritórios desse processo", assegurou.

O deputado afirmou que vai respeitar o devido processo legal. "Essa é uma situação atípica. Não há surpresa quanto a minha posição, mas há que ser respeitado o devido processo legal, o contraditório. Serei um ajudante de cumpridor de regimento", disse Marcos Rogério.

Segundo o relator, o presidente do conselho, José Carlos Araújo (PSD-BA), agiu de maneira correta para preservar o processo. "Mesmo discordando dos termos da decisão (da vice-presidência), o presidente tomou a precaução para evitar a nulidade do processo, o que acarretaria muito mais problema".

Rogério também elogiou o parecer preliminar apresentado pelo antigo relator, deputado Fausto Pinato (PRB-SP).

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247