'O povo está mais atento à Copa do que às eleições'

O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) afirmou que os brasileiros deveriam estar, em vez do futebol, mais preocupados com os grandes problemas da atualidade, como por exemplo, os serviços deficientes de saúde e educação; "E nós, a população, os eleitores estamos muito mais preocupados com a Copa do Mundo do que com as eleições presidenciais. Isso é uma tragédia", disse 

O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) afirmou que os brasileiros deveriam estar, em vez do futebol, mais preocupados com os grandes problemas da atualidade, como por exemplo, os serviços deficientes de saúde e educação; "E nós, a população, os eleitores estamos muito mais preocupados com a Copa do Mundo do que com as eleições presidenciais. Isso é uma tragédia", disse 
O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) afirmou que os brasileiros deveriam estar, em vez do futebol, mais preocupados com os grandes problemas da atualidade, como por exemplo, os serviços deficientes de saúde e educação; "E nós, a população, os eleitores estamos muito mais preocupados com a Copa do Mundo do que com as eleições presidenciais. Isso é uma tragédia", disse  (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Senado - O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) lamentou a pequena importância dada pela população brasileira às eleições presidenciais de 2014 em comparação à Copa do Mundo que será realizada no país também no próximo ano.

Na avaliação do parlamentar, os brasileiros deveriam estar, em vez do futebol, mais preocupados com os grandes problemas da atualidade, como por exemplo, os serviços deficientes de saúde e educação, os quais poderiam, em sua opinião, ser resolvidos através da eleição de um presidente da República compromissado com o enfrentamento dessas questões.

- O pior é que, no próximo ano, vamos ter a chance de reorientar o futuro do Brasil para recuperar o tempo perdido e os nossos candidatos a presidente ainda não disseram exatamente o que vão fazer. E nós, a população, os eleitores estamos muito mais preocupados com a Copa do Mundo do que com as eleições presidenciais. Isso é uma tragédia - disse o senador.

Comentando o resultado da licitação para a compra de caças pela Força Aérea Brasileira, Cristovam alertou para a necessidade de o Brasil desenvolver tecnologia própria para a produção de seus próprios armamentos. Ele disse que países economicamente em situação inferior à do Brasil, como por exemplo, Índia e Irã, por terem priorizado ciência e tecnologia estão atualmente à frente do Brasil no setor aeroespacial .

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247