OAB aprovará neste sábado adesão ao Fora Temer

"Sob o ponto de vista ético e moral, é lamentável que a mais alta autoridade do país esteja na situação de precisar explicar sua participação em diálogos inadequados para alguém com suas atribuições e deveres perante a sociedade", diz nota da Ordem dos Advogados do Brasil, assinada pelo presidente Claudio Lamachia; "É triste que, mais uma vez, em tão pouco tempo, o Brasil passe novamente por este processo doloroso. Mas, só assim, caminharemos rumo a dias melhores e livres da corrupção"

Brasília - O presidente da OAB, Cláudio Pacheco Prates Lamachia, durante coletiva fala sobre o senador Delcídio do Amaral (Valter Campanato/Agência Brasil)
Brasília - O presidente da OAB, Cláudio Pacheco Prates Lamachia, durante coletiva fala sobre o senador Delcídio do Amaral (Valter Campanato/Agência Brasil) (Foto: Leonardo Attuch)

247 – Em reunião extraordinária, a Ordem dos Advogados do Brasil deve aprovar sua adesão ao Fora Temer.

Abaixo, nota da entidade:

“O Conselho Federal da OAB fará hoje à tarde uma reunião extraordinária para debater as graves suspeitas que pesam contra o presidente da República e que causam indignação e perplexidade.

Sob o ponto de vista ético e moral, é lamentável que a mais alta autoridade do país esteja na situação de precisar explicar sua participação em diálogos inadequados para alguém com suas atribuições e deveres perante a sociedade.

No âmbito jurídico, os conselheiros federais da OAB, legítimos representantes das advogadas e dos advogados brasileiros, estarão avaliando as possibilidades jurídicas e a legalidade da permanência de Michel Temer na Presidência da República.

É triste que, mais uma vez, em tão pouco tempo, o Brasil passe novamente por este processo doloroso. Mas, só assim, caminharemos rumo a dias melhores e livres da corrupção.”

CLAUDIO LAMACHIA, presidente nacional da OAB

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247