Onyx diz que reforma será aprovada até meia-noite

O ministro da Casa Civil Onyx Lorenzoni, que irá se licenciar para votar pela aprovação da reforma da Previdência, diz que a aprovação virá depois da meia-noite: "a ideia é votarmos o segundo turno até meia-noite e até a madrugada, quantos destaques conseguirmos”.

Onyx Lorenzoni
Onyx Lorenzoni
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro da Casa Civil Onyx Lorenzoni, que irá se licenciar para votar pela aprovação da reforma da Previdência, diz que a aprovação virá depois da meia-noite: "a ideia é votarmos o segundo turno até meia-noite e até a madrugada, quantos destaques conseguirmos”.

A reportagem do jornal O Estado de S. Paulo destaca que "o ministro conversou nesta semana com os presidentes da Câmara e do Senado, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Davi Alcolumbre (DEM-AP), ambos colegas de partido, sobre a tramitação da reforma. Ele afirma que está quase fechado um acordo para que partidos que não fazem parte da oposição não apresentem destaques supressivos, aos quais têm direito nesta fase. Com isso, restariam apenas sete pedidos de alteração, todos feitos pelos partidos de oposição."

A matéria ainda acrescenta que "ele acredita ainda que o texto da reforma não deve sofrer alterações e que Estados e municípios poderão ser incluídos na reforma por meio da chamada “PEC paralela” que vem sendo discutida no Senado, no entanto, Onyx coloca em dúvida se esse projeto terá sucesso. 'Estamos lutando para manter a reforma da Previdência intacta, conforme ela foi aprovada no primeiro turno. Temos mais de 98% de chance disso. No Senado, 100%. Já na questão de Estados e municípios, o Senado vai tentar criar uma PEC, que estamos chamando de paralela, que é um novo texto'."

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247