Operação investiga desvio de respiradores no DF por médico da rede pública e fraude de R$ 79 mi

Médico e servidor alvo da investigação, Fabiano Duarte Dutra, já foi preso em operação contra a existência de suposta “Máfia das Próteses”

(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) cumpriu sete mandados de busca e apreensão, realizados na manhã desta quarta-feira (3), para investigar o desvio de respiradores da Secretaria de Saúde do DF, que supostamente foi organizado por grupo liderado por um médico e servidor público. A operação também apura fraude no valor de R$ 79 milhões, destinados para hospitais de campanha. A informação é do portal G1

Fabiano Duarte Dutra, médico e servidor alvo da investigação, está diretamente associado às diretorias do Instituto de Gestão Estratégica do Distrito Federal (IGES-DF). Ele administra hospitais e unidades de pronto atendimento e já foi preso em outra operação, que apurava a existência de “Máfia das Próteses”, acrescenta a reportagem.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email