Oposição na Câmara se une na organização de dois atos contra Bolsonaro

Nove partidos - PT, PCdoB, PDT, PSOL, PSB, PV, Rede, Cidadania e Solidariedade - unificaram novas manifestações pelo impeachment de Jair Bolsonaro previstas para outubro e novembro

'Fora Bolsonaro' no Vale do Anhangabaú em São Paulo
'Fora Bolsonaro' no Vale do Anhangabaú em São Paulo (Foto: Brasil de Fato)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Partidos da oposição na Câmara dos Deputados unificaram as diretrizes para novas manifestações pelo impeachment de Jair Bolsonaro marcadas para os dias 2 de outubro e 15 de novembro. São eles: PSOL, PT, PCdoB, PDT, PSB, PV, Rede, Solidariedade e Cidadania. 

Bolsonaro é alvo de mais de cem pedidos de impeachment devido aos inúmeros crimes de responsabilidade cometidos antes e durante a pandemia do coronavírus, como tentativa de interferência na Polícia Federal, estímulo a um golpe no país e recomendações contrárias à ciência no âmbito da pandemia.

Os últimos atos bolsonaristas aconteceram no dia 7 de setembro, quando Bolsonaro disse que não acataria decisões do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes - o magistrado incluiu Bolsonaro no inquérito das fake news, em agosto. 

PUBLICIDADE

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) incluiu na investigação sobre Bolsonaro que corre no órgão a apuração sobre a origem do financiamento dos atos golpistas do 7 de setembro. O Judiciário quer saber quem realizou o pagamento de transporte, diárias, quem participou da organização das manifestações e se elas tiveram conteúdo de campanha eleitoral antecipada. 

O tribunal já apura os ataques de Bolsonaro às urnas eletrônicas. 

PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email