“Parasita”: Guedes vai ter de pagar R$ 50 mil de indenização por ofender servidor público

Uma decisão judicial de primeira instância impôs ao ministro da Economia, Paulo Guedes, uma indenização de R$ 50 mil para ser paga ao Sindicato dos Policiais Federais da Bahia (Sindipol-BA). A condenação remonta ao episódio em que Guedes comparou servidores públicos a parasitas

Ministro da Economia, Paulo Guedes.
Ministro da Economia, Paulo Guedes. (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro da Economia, Paulo Guedes, terá de pagar R$ 50 mil reais de indenização por ter ofendido os servidores públicos. Guedes chamou a classe de ‘parasitas’ em fevereiro deste ano. 

Guedes havia dito: “o hospedeiro está morrendo, o cara virou um parasita, o dinheiro não chega no povo e ele quer aumento automático.”

O sindicato baiano apresentou uma ação de reparação por dano moral coletivo contra o ministro em maio. A juíza federal da 4ª Vara, Cláudia da Costa Tourinho Scarpa, considerou que houve insulto por parte do ministro. 

Ela disse: “o ministro de Estado da Economia, no exercício do seu direito à liberdade de expressão, insultou os servidores públicos. Ele os comparou a ‘parasitas’, pediu que eles ‘não assaltem o Brasil, quando o gigante está de joelhos’ e afirmou que eles ficam em casa ‘com geladeira cheia’”.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247