Parlamentares cobram retirada de invasores da embaixada após recuo de Bolsonaro

Os deputados Paulo Pimenta (PT-RS) e Glauber Braga (PSOL-RJ) e a deputada Sâmia Bomfim (PSOL-RJ) disseram ter cobrado do representante do Itamaraty no local, Mauricio Correia, a retirada dos invasores pró Juan Guaidó da Embaixada da Venezuela, após o governo Bolsonaro classificar o ato como invasão. "Ele tem a obrigação de dar consequência à posição pública do presidente da República", disse o deputado Paulo Pimenta

www.brasil247.com -


247 - Em vídeo de dentro da embaixada venezuelana, os deputados Paulo Pimenta (PT-RS), Glauber Braga (PSOL-RJ) e a deputada Sâmia Bomfim (PSOL-RJ) disseram nesta quarta-feira, 13, que cobraram do Itamaraty a retirada imediata dos invasores ligados a Juan Guaidó da Embaixada da Venezuela, depois que o governo de Jair Bolsonaro classificou como invasão a entrada no local.

Pimenta, Glauber e Sâmia disseram ter se reunido com o chefe da Coordenação-Geral de Privilégios e Imunidades do Ministério das Relações Exteriores, Maurício Correia, e cobrado que adote medidas imediatas para a retirada dos invasores da embaixada. 

"Nós solicitamos, que diante da manifestação pública do Presidente da República, ele como Itamaraty, que até então vinha justificando a sua postura de total apatia, tem a obrigação de dar consequência à posição pública do presidente da República", disse o deputado Paulo Pimenta. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O deputado Glauber Braga (PSOL-RJ) afirmou mais cedo que nenhum parlamentar da oposição ao governo de Jair Bolsonaro deixará a Embaixada da Venezuela em Brasília enquanto os invasores aliados do presidente autoproclamado Juan Guaidó não deixarem o local. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Só há um desfecho possível: a saída dos invasores. Nós só vamos sair daqui com a saída dos invasores", afirmou Glauber. Cerca 15 homens que invadiram a Embaixada nesta quarta-feira (10) permanecem na representação diplomática.  

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP) também fez denúncia similar nas redes sociais, ressaltando que Bolsonaro classificou a ação como uma invasão ilegal, mas não fez nada na prática para a política desocupar. O deputado Carlos Zarattini (PT-SP) postou foto da Cavalaria, que chegou ao local, com a permanência do impasse.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email