Pazuello reclama de pancadaria e diz que, se sair do Ministério da Saúde, sairá feliz

Com pasta envolvida em escândalo de milhões de testes para o diagnóstico da Covid-19 estocados e sendo desautorizado por Jair Bolsonaro e alvo de críticas de bolsonaristas, o general Pazuello está desgastado e comenta que seria bom “voltar ao quartel”

General Eduardo Pazuello, ministro da Saúde
General Eduardo Pazuello, ministro da Saúde (Foto: Erasmo Salomão/MS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Com o escândalo dos quase 7 milhões de testes para o diagnóstico do novo coronavírus estocados e prestes a perder validade e a desmoralização do ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, que teve de cancelar acordo firmado para a compra de 46 milhões de doses da vacina chinesa (CoronaVac), a situação do encarregado da pasta ficou desgastada.

Segundo reportagem do jornal O Estado de S.Paulo, em conversa com amigos, Pazuello se queixou de ‘pancadaria’ dentro do governo e disse que, se sair, sairá feliz. Em tom de piada, o general também comentou que seria bom “voltar ao quartel”.

Recentemente, o ministro também foi alvo de críticas de bolsonaristas após o ministério publicar nas redes sociais um comentário falando não haver eficácia comprovada da cloroquina (defendida por Bolsonaro) contra a Covid-19 e recomendando o isolamento social (contra política do governo federal). A publicação foi apagada no mesmo dia.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247