Petistas querem investigação de Bolsonaro por ameaça de golpe em 2022

Parlamentares petistas pediram a investigação de Jair Bolsonaro por ameaça de golpe ao comentar invasão do Capitólio nos Estados Unidos. Bolsonaro disse que, em 2022, se não houver voto impresso, vai ocorrer o mesmo que ocorreu nos EUA

Gleisi Hoffmann e Jair Bolsonaro
Gleisi Hoffmann e Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução | Carolina Antunes/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A presidente do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann, e os líderes das Bancadas do partido na Câmara dos Deputados, Enio Verri, e no Senado, Rogério Carvalho, protocolaram nesta quinta-feira, 7, pediram a investigação de Jair Bolsonaro por ameaça de golpe ao comentar invasão do Capitólio nos Estados Unidos.

Segundo o portal PT na Câmara, os petistas enviaram duas representações contra Bolsonaro, junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e à Procuradoria-Geral da República (PGR), por conta de acusações sem provas sobre fraude nas eleições e por ameaçar o país. As ações pedem a responsabilização penal, por improbidade administrativa e civil contra Bolsonaro.

“O pessoal tem que analisar o que aconteceu nas eleições americanas agora. Basicamente, qual foi o problema, a causa dessa crise toda? Falta de confiança no voto. Lá o pessoal votou e potencializaram o voto pelos correios por causa da tal da pandemia e houve gente que votou três, quatros vezes. Mortos votaram. Foi uma festa lá. Ninguém pode negar isso daí”, disse. 

“Então, a falta desta confiança levou a este problema que está acontecendo lá. E aqui no Brasil, se tivermos o voto eletrônico em 22, vai ser a mesma coisa", afirmou Bolsonaro.

Na quarta-feira, 6, no dia da invasão à sede do Legislativo dos EUA, Bolsonaro sinalizou apoio ao golpe de Donald Trump e declarou que as eleições de 2018 foram fraudadas.

“Eu acompanhei tudo. Você sabe que eu sou ligado ao Trump. Você sabe da minha resposta. Agora muita denúncia de fraude, muita denúncia de fraude. Eu falei isso um tempo atrás, a imprensa falou: ‘Sem provas o presidente Bolsonaro, falou que foram fraudadas as eleições americanas’. A minha foi fraudada. Eu tenho indício de fraude, era para eu ter ganhado no primeiro turno”, afirmou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email