PF investiga encontros da família Bolsonaro com alvos do inquérito das milícias digitais nos EUA

Um dos focos de apuração da PF são os encontros de Eduardo Bolsonaro com seguidores do ex-presidente dos EUA Donald Trump

Deputado federal Eduardo Bolsonaro
Deputado federal Eduardo Bolsonaro (Foto: Agência Câmara)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - A Polícia Federal (PF) tem como um dos focos da investigação sobre milícias digitais a relação da família Bolsonaro com seguidores do ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump e com o escritor Olavo de Carvalho. 

A corporação também apura a visita do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) à sede da rede social americana de direita Gettr e os encontros do parlamentar com o influenciador Allan dos Santos, do site Terça Livre, durante a viagem da comitiva brasileira aos EUA, em setembro. A rede social foi criada por Jason Miller, ex-porta-voz de Trump. O empresário esteve no Brasil e foi ouvido pela PF no dia 7 de setembro.

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, prorrogou por mais 90 dias o inquérito das milícias digitais nessa segunda (11).

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email