Pimenta quer votação da cassação de Cunha num domingo

O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) defendeu, nesta terça (14), que a sessão de cassação do presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ocorra em um domingo, com votação nominal, suspensão da rodada do Campeonato Brasileiro e transmissão ao vivo pela TV Globo; "Estou pedindo que vossas excelências, que foram tão cuidadosos, que tinham tanto interesse que o Brasil acompanhasse a sessão contra Dilma, tenham a mesma conduta”, requereu

O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) defendeu, nesta terça (14), que a sessão de cassação do presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ocorra em um domingo, com votação nominal, suspensão da rodada do Campeonato Brasileiro e transmissão ao vivo pela TV Globo; "Estou pedindo que vossas excelências, que foram tão cuidadosos, que tinham tanto interesse que o Brasil acompanhasse a sessão contra Dilma, tenham a mesma conduta”, requereu
O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) defendeu, nesta terça (14), que a sessão de cassação do presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ocorra em um domingo, com votação nominal, suspensão da rodada do Campeonato Brasileiro e transmissão ao vivo pela TV Globo; "Estou pedindo que vossas excelências, que foram tão cuidadosos, que tinham tanto interesse que o Brasil acompanhasse a sessão contra Dilma, tenham a mesma conduta”, requereu (Foto: Valter Lima)

247 - O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) defendeu, nesta terça-feira (14), que a sessão de cassação do presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ocorra em um domingo, com votação nominal, suspensão da rodada do Campeonato Brasileiro e transmissão ao vivo pela TV Globo.

"Estou pedindo que vossas excelências, que foram tão cuidadosos, que tinham tanto interesse que o Brasil acompanhasse a sessão contra Dilma, tenham a mesma conduta”, requereu.

Abaixo o vídeo:

 

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247