Planaltina é alvo de protesto após homem negro ser agredido pela PM

Os manifestantes pediram justiça para o caso. O homem 30 anos foi agredido por militares com chutes, golpes de cassetetes e pedradas em frente a um supermercado da cidade

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Moradores de Planaltina protestaram nesta quarta-feira, 3, para organizar uma manifestação contra a agressão policial à população negra. O ato ocorreu após Welinton Luiz Maganha, um homem negro, morador da região, ser agredido por policiais militares na noite de segunda-feira, 1.

Os manifestantes pediram justiça para o caso. O homem 30 anos foi agredido por militares com chutes, golpes de cassetetes e pedradas em frente a um supermercado da cidade.

O protesto em Brasília ocorreu em meio a uma explosão social nos Estados Unidos, onde manifestantes participam há mais de uma semana de protestos no país inteiro contra a morte de George Floyd, que foi assassinado por policiais em Minnesota.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email