PM do DF investiga participação de subtenente em estupro coletivo no Entorno

A PMDF investiga a participação do subtenente Irineu Marques Dias, de 44 anos, em um estupro coletivo em Águas Lindas de Goiás (GO). Uma jovem, de 25 anos, denunciou ter sido abusada por seis homens, entre eles, o militar, que está preso

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) investiga a participação do subtenente do Batalhão da Polícia Militar Ambiental (BPMA) Irineu Marques Dias, de 44 anos, em um estupro coletivo no sábado (9), em Águas Lindas de Goiás (GO). Uma jovem, de 25 anos, denunciou ter sido abusada por seis homens, entre eles, o militar, que foi após o crime. Outros dois suspeitos também estão detidos - Thiago de Castro Muniz, de 36 anos, e Daniel Marques Dias, de 37 anos. A Justiça goiana decidiu manter a prisão dos suspeitos. As informações foram publicadas pelo portal G1

Em nota, a PMDF informou que aguarda conclusão do inquérito e que vai tomar as "medidas pertinentes". "De qualquer forma, a corporação não compactua com quaisquer desvios de conduta, menos ainda com ações que configurem crimes", diz a PMDF.

Em depoimento à polícia, a vítima disse que estava em uma festa que teve início na noite de sexta-feira (8) e duraria até domingo (11). De acordo com a jovem, ao amanhecer de sábado, foi convidada por duas mulheres para dormir em um quarto.

PUBLICIDADE

Após um tempo, as duas saíram e a deixaram sozinha. Conforme a vítima, um homem entrou no quarto e começou a tirar a roupa. Ela disse que, depois de mostrar que estava armado, o homem a estuprou. 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email