PRB deve pedir afastamento de Cunha à PGR

Segundo a colunista Mônica Bergamo, partido do deputado paulista Fausto Pinato, relator do processo contra Eduardo Cunha que foi destituído na semana passada, também estuda pedir à Procuradoria-Geral da República o afastamento do presidente da Câmara do cargo; diz ainda que o PRB deve entrar também com habeas corpus no Supremo para que Pinato volte ao cargo de relator

Segundo a colunista Mônica Bergamo, partido do deputado paulista Fausto Pinato, relator do processo contra Eduardo Cunha que foi destituído na semana passada, também estuda pedir à Procuradoria-Geral da República o afastamento do presidente da Câmara do cargo; diz ainda que o PRB deve entrar também com habeas corpus no Supremo para que Pinato volte ao cargo de relator
Segundo a colunista Mônica Bergamo, partido do deputado paulista Fausto Pinato, relator do processo contra Eduardo Cunha que foi destituído na semana passada, também estuda pedir à Procuradoria-Geral da República o afastamento do presidente da Câmara do cargo; diz ainda que o PRB deve entrar também com habeas corpus no Supremo para que Pinato volte ao cargo de relator (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O PRB, partido do deputado paulista Fausto Pinato, relator do processo contra Eduardo Cunha que foi destituído na semana passada, estuda pedir à Procuradoria-Geral da República o afastamento do presidente da Câmara do cargo. É o que afirma a colunista Mônica Bergamo.

A legenda se soma, assim, a partidos como o PSOL e a Rede, que acusam Cunha de obstruir as investigações que a Câmara tenta fazer contra ele. As sessões da Comissão de Ética que analisa o caso já foram suspensas sete vezes seguidas.

A jornalista afirma ainda que o PRB deve entrar também com habeas corpus no Supremo para que Pinato volte ao cargo de relator.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email