Preço da gasolina sobe novamente no DF

O preço da gasolina subiu pela quarta semana seguida no Distrito Federal. Os números são da Agência Nacional do Petróleo (ANP); a instituição promove uma pesquisa de preços semanal para acompanhar os preços praticados pelas distribuidoras e postos revendedores de combustíveis; no mês de dezembro, o preço médio do litro da gasolina no Distrito Federal subiu 3,74% para R$ 3,684; o preço médio do litro do Diesel S10 variou para cima em 4,42% e custa R$ 3,467  

O preço da gasolina subiu pela quarta semana seguida no Distrito Federal. Os números são da Agência Nacional do Petróleo (ANP); a instituição promove uma pesquisa de preços semanal para acompanhar os preços praticados pelas distribuidoras e postos revendedores de combustíveis; no mês de dezembro, o preço médio do litro da gasolina no Distrito Federal subiu 3,74% para R$ 3,684; o preço médio do litro do Diesel S10 variou para cima em 4,42% e custa R$ 3,467
 
O preço da gasolina subiu pela quarta semana seguida no Distrito Federal. Os números são da Agência Nacional do Petróleo (ANP); a instituição promove uma pesquisa de preços semanal para acompanhar os preços praticados pelas distribuidoras e postos revendedores de combustíveis; no mês de dezembro, o preço médio do litro da gasolina no Distrito Federal subiu 3,74% para R$ 3,684; o preço médio do litro do Diesel S10 variou para cima em 4,42% e custa R$ 3,467   (Foto: Leonardo Lucena)

Brasília 247 - O preço da gasolina subiu pela quarta semana seguida no Distrito Federal. Os números são da Agência Nacional do Petróleo (ANP), divulgados nessa sexta-feira (23). A ANP promove uma pesquisa de preços semanal para acompanhar os preços praticados pelas distribuidoras e postos revendedores de combustíveis. No mês de dezembro, o preço médio do litro da gasolina no Distrito Federal subiu 3,74% para R$ 3,684. O preço médio do litro do Diesel S10 variou para cima em 4,42% e custa R$ 3,467.
 
O deputado distrital Chico Vigilante (PT) critica a nova política de preços adotada pela Petrobras. Para o distrital, basear os preços dos combustíveis de acordo com o mercado internacional trará constantes reajustes nos postos do Brasil. “Equiparar os preços brasileiros aos praticados pelo mercado internacional fará com que os combustíveis aumentem toda semana. E isso está se concretizando”, alerta.
 
Desde que a estatal brasileira adotou a nova política, os preços aumentaram uma vez e reduziram duas vezes. No entanto, ambas as reduções nunca chegaram aos tanques dos motoristas brasileiros. “Essa medida é mais uma maldade formulada por este quarteto maldito, formado por Michel Temer, PMDB, PSDB e Democratas, que está destruindo a classe média brasileira”, dispara.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247