Presidente do TSE, Barroso pede desculpas por atraso nas eleições

“Esclareço que não houve nenhum tipo de comprometimento para a fidedignidade do voto, para a fidelidade da manifestação da vontade popular”, destacou o presidente do TSE, Luís Roberto Barroso

Luís Roberto Barroso
Luís Roberto Barroso (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, abriu sessão nesta terça-feira, 17, com um pedido de desculpas pelo atraso na divulgação dos resultados da eleição municipal no domingo, 15.

“Peço desculpas aos colegas e à sociedade pelas dificuldades que enfrentamos. Mas esclareço que não houve nenhum tipo de comprometimento para a fidedignidade do voto, para a fidelidade da manifestação da vontade popular”, disse.

Segundo ele, o atraso ocorreu por um “pequeno problema” no processamento dos votos pelo “supercomputador” adquirido neste ano pela Corte.

“Até que se detectasse efetivamente o problema supôs-se, num primeiro momento, que fosse a falha de um dos oito processadores do supercomputador, mas, na verdade, o problema foi de apreensão equivocada da tarefa pela inteligência artificial. O tempo de atraso, pouco mais de duas horas, foi o esforço de detectar o problema. [Ele] foi resolvido e nós conseguimos divulgar os resultados ainda no próprio dia das eleições, próximo da meia-noite”, narrou Barroso.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email