Prévia da LOA de 2017 é apresentada a Rollemberg

A prévia do projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2017 foi apresentada ao governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg; o levantamento inclui a estimativa das despesas e das receitas de cada projeto a ser desenvolvido pela administração pública no exercício financeiro seguinte; para o ano que vem estão previstos, por exemplo, investimentos de R$ 488 milhões do Programa de Aceleração de Crescimento (PAC), R$ 187 milhões para obras de habitação e R$ 94 milhões para ampliação de rodovias

A prévia do projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2017 foi apresentada ao governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg; o levantamento inclui a estimativa das despesas e das receitas de cada projeto a ser desenvolvido pela administração pública no exercício financeiro seguinte; para o ano que vem estão previstos, por exemplo, investimentos de R$ 488 milhões do Programa de Aceleração de Crescimento (PAC), R$ 187 milhões para obras de habitação e R$ 94 milhões para ampliação de rodovias
A prévia do projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2017 foi apresentada ao governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg; o levantamento inclui a estimativa das despesas e das receitas de cada projeto a ser desenvolvido pela administração pública no exercício financeiro seguinte; para o ano que vem estão previstos, por exemplo, investimentos de R$ 488 milhões do Programa de Aceleração de Crescimento (PAC), R$ 187 milhões para obras de habitação e R$ 94 milhões para ampliação de rodovias (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

DA AGÊNCIA BRASÍLIA - A prévia do projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2017 foi apresentada ao governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, nesta quarta-feira (14). O levantamento inclui a estimativa das despesas e das receitas de cada projeto a ser desenvolvido pela administração pública no exercício financeiro seguinte.

Para o ano que vem estão previstos, por exemplo, investimentos de R$ 488 milhões do Programa de Aceleração de Crescimento (PAC), R$ 187 milhões para obras de habitação e R$ 94 milhões para ampliação de rodovias.

De acordo com o subsecretário de Orçamento Público, Marco Aurélio Teixeira, da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão, a avaliação prevista para 2017 pode ser considerada prudente em relação à deste ano, já que a de 2016 não anteviu a proporção da crise econômica que se apresentou.

O projeto deverá ser finalizado e encaminhado à Câmara Legislativa do Distrito Federal para aprovação. O texto precisa passar pelo crivo dos deputados distritais em dois turnos até a última sessão do ano, normalmente em 15 de dezembro. Também compareceram à apresentação a secretária de Planejamento, Orçamento e Gestão, Leany Lemos, e o chefe da Casa Civil, Sérgio Sampaio.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email