Procurador diz que acusação de Delcídio contra Lula é plausível

A Procuradoria do Distrito Federal afirmou que é "plausível" a acusação feita pelo ex-senador Delcídio do Amaral de que Lula era o chefe da tentativa de obstruir as investigação da Operação Lava Jato; segundo a Procuradoria, essa tentativa teria sido feita por meio de pagamentos para evitar a delação premiada do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, de acordo com a delação de Delcídio; a ratificação da denúncia foi feita pelo procurador Ivan Cláudio Marx à Justiça Federal do DF

A Procuradoria do Distrito Federal afirmou que é "plausível" a acusação feita pelo ex-senador Delcídio do Amaral de que Lula era o chefe da tentativa de obstruir as investigação da Operação Lava Jato; segundo a Procuradoria, essa tentativa teria sido feita por meio de pagamentos para evitar a delação premiada do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, de acordo com a delação de Delcídio; a ratificação da denúncia foi feita pelo procurador Ivan Cláudio Marx à Justiça Federal do DF
A Procuradoria do Distrito Federal afirmou que é "plausível" a acusação feita pelo ex-senador Delcídio do Amaral de que Lula era o chefe da tentativa de obstruir as investigação da Operação Lava Jato; segundo a Procuradoria, essa tentativa teria sido feita por meio de pagamentos para evitar a delação premiada do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, de acordo com a delação de Delcídio; a ratificação da denúncia foi feita pelo procurador Ivan Cláudio Marx à Justiça Federal do DF (Foto: Valter Lima)

247 - Na ratificação da denúncia feita contra o ex-presidente Lula pela Procuradoria-Geral da República, a Procuradoria do Distrito Federal afirmou que é "plausível" a acusação feita pelo ex-senador Delcídio do Amaral de que Lula era o chefe da tentativa de obstruir as investigação da Operação Lava Jato.

Segundo a Procuradoria, essa tentativa teria sido feita por meio de pagamentos para evitar a delação premiada do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, de acordo com a delação de Delcídio.

A ratificação da denúncia, que possui seis páginas, foi feita nesta quinta-feira (21) pelo procurador Ivan Cláudio Marx à Justiça Federal do DF.

"Delcídio do Amaral, como representante do governo no Senado, não exercia a chefia do esquema criminoso. E, pelo menos nessa atividade de obstruir as investigações contra a organização criminosa, Delcídio aponta Lula como sendo o chefe da empreitada", escreveu o procurador.

E complementou: "Aqui, a narrativa de Delcídio se demonstrou clara, plausível e, ainda, corroborada pela existência das reuniões prévias que realizou com Lula antes de Bumlai passar a custear os valores destinados a comprar o silêncio de Cerveró".

O procurador ressalta ainda que as reuniões com Delcídio foram confirmadas por Lula em seu depoimento, mas o ex-presidente negou que tenham discutido a compra do silêncio de Cerveró.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247