Projeto leva cultura e teatro a jovens infratores

Desde julho de 2013, jovens infratores participam de um projeto que oferece arte e cultura e auxilia na ressocialização de meninos e meninas nas Unidades de Internação Socioeducativa do DF; ação é resultado de parceria entre as secretarias da Criança e da Cultura do DF e utiliza as contrapartidas do Fundo de Apoio à Cultura; neste ano, dez atividades artísticas culturais entre apresentações teatrais, exibição de filmes e oficinas de música, dança e circo

Desde julho de 2013, jovens infratores participam de um projeto que oferece arte e cultura e auxilia na ressocialização de meninos e meninas nas Unidades de Internação Socioeducativa do DF; ação é resultado de parceria entre as secretarias da Criança e da Cultura do DF e utiliza as contrapartidas do Fundo de Apoio à Cultura; neste ano, dez atividades artísticas culturais entre apresentações teatrais, exibição de filmes e oficinas de música, dança e circo
Desde julho de 2013, jovens infratores participam de um projeto que oferece arte e cultura e auxilia na ressocialização de meninos e meninas nas Unidades de Internação Socioeducativa do DF; ação é resultado de parceria entre as secretarias da Criança e da Cultura do DF e utiliza as contrapartidas do Fundo de Apoio à Cultura; neste ano, dez atividades artísticas culturais entre apresentações teatrais, exibição de filmes e oficinas de música, dança e circo (Foto: José Barbacena)

Agência Brasília - Desde julho de 2013, jovens infratores participam de um projeto que oferece arte e cultura e auxilia na ressocialização de meninos e meninas nas Unidades de Internação Socioeducativa do DF. O projeto, que é resultado de uma parceria entre as secretarias da Criança e da Cultura do DF, utiliza as contrapartidas do Fundo de Apoio à Cultura (FAC) a partir de uma portaria conjunta assinada pelos órgãos.

Foram realizadas, só este ano, dez atividades artísticas culturais entre apresentações teatrais, exibição de filmes e oficinas de música, dança e circo.

O comediante Cláudio Falcão diz que saiu comovido da experiência de se apresentar para os jovens. "Fiquei surpreso com a reação dos meninos. Saí de lá com o espírito artístico preenchido. Até me prontifiquei a voltar", comentou.

"A minha oficina teve por objetivo despertar a sensibilidade e o interesse pela música. Eu aprendi muito com cada aula ministrada, com cada aluno, sobretudo ao reafirmar o potencial da música no papel social dentro do processo de ressocialização realizado na Unidade", afirmou o músico Alex de Souza, que obteve recursos para gravar seu último CD e, em contrapartida, realizou uma oficina para os jovens infratores.

As contrapartidas do FAC são organizadas, desde 2011, por um núcleo específico da Secretaria de Cultura. Além da Secretaria da Criança, o FAC atende as Escolas Públicas, e em breve será assinada uma parceria com a Secretaria da Saúde para criar o circuito Cultura e Saúde.

Também são atendidas as Administrações Regionais e diversos órgãos públicos. O Festival do Fundo de Apoio à Cultura (FESTFAC) também é uma ação realizada com as contrapartidas dos projetos realizados pelo Fundo. Já foram realizadas duas edições, em 2012 e 2013. Neste ano o Festival foi realizado em três cidades do DF.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247